Marketing industrial: como fazer uso dessa estratégia

Uma realidade muito vantajosa do marketing é que todos os tipos de empresas podem tirar proveito dele, inclusive setores industriais e B2B. O material a seguir aborda o chamado Marketing industrial.

 

No geral, quando o assunto é desenvolver estratégias de divulgação, o foco recai sobre produtos.

 

Por serem itens palpáveis, eles servem como exemplos mais eficazes do que é possível alcançar em termos de resultado na web.

 

Mas é preciso se atentar também às oportunidades disponíveis para outros tipos de negócios, como:

 

  • Marcenaria;
  • Construção civil;
  • Indústria automotiva;
  • Softwares.

 

Os exemplos que listamos acima têm algo em comum: são tipos de negócios B2B. Continue lendo para entender em quais situações o marketing industrial se encaixa, conhecer as estratégias principais e dicas de aplicação.

O que é marketing industrial?

O conceito que vamos abordar diz respeito às estratégias de marketing criadas para empresas B2B.

A sigla B2B identifica os negócios em que as vendas são feitas de empresa para empresa. Ou seja, o público-alvo consiste em outras instituições profissionais, e não o consumidor final.

Existem diversos exemplos de negócios B2B, como fabricantes de cortina de contenção preço ou de componentes de veículos automotivos.

O público visado nesses contextos tem características diferentes do cliente tradicional. Por isso, a importância de conhecer o marketing industrial.

Os empreendimentos interessados devem saber identificar quais são as preferências e as necessidades de cada empresa contratante.

São objetivos mais específicos que podem ser alcançados com excelência por meio do tipo de marketing que vamos abordar.

Como aplicar o marketing industrial?

Acompanhe os tópicos a seguir para entender como usar esse conceito para melhorar a divulgação do conserto de balança eletrônica e outros serviços típicos do ramo B2B.

Você vai entender a importância de planejar as ações de acordo com as características da área que vai buscar pelo seu negócio, confira.

  1. Escolha os objetivos

As metas e objetivos são as bússolas do investimento em marketing para qualquer negócio. O primeiro passo é definir o que a empresa quer alcançar a partir do marketing industrial.

Dessa forma, toda a equipe vai ter as ferramentas necessárias para traçar o melhor planejamento.

  1. Analise o mercado

Nessa etapa, é preciso observar com atenção tanto as empresas que fazem concorrência com a sua, quanto o ramo do público visado.

Afinal, os fabricantes de equipamentos para kombucha devem se manter em pé de igualdade no quesito competição.

Para isso, o ideal é coletar informações sobre os outros membros do mercado. Assim, fica mais fácil oferecer um serviço diferenciado.

  1. Selecione os canais de comunicação

A popularização da internet faz com que ela seja uma das principais plataformas para divulgar produtos e serviços. Inclusive para o marketing industrial.

Por isso, trabalhe o posicionamento da sua empresa no meio virtual com conhecimento e escolha os canais de comunicação mais convenientes.

Essa escolha deve levar em conta o perfil da empresa contratante e as características do que ela oferece.

  1. Utilize canais de compra e venda

Redes sociais como Twitter e Instagram possuem áreas criadas especialmente para compra e venda.

Assim, é recomendável anunciar produtos como gabinete para montagem eletrônica nos chamados marketplaces.

Essas são ferramentas importantes para aumentar a visibilidade da empresa e entrar em contato com mais consumidores em potencial.

  1. Invista em produção de conteúdo

O caráter informativo da internet tem que ser aproveitado pelas empresas. Use sites, blogs e perfis de rede social para trazer conteúdo relevante para o público-alvo.

Essa é uma oportunidade que se tem de mostrar os benefícios de contratar construtora para reforma de maneira interativa e clara.

Além disso, a empresa que disponibiliza conteúdo instrutivo soluciona dúvidas e realmente educa o público sobre ela, promovendo uma melhor conversão no futuro.

Trata-se do chamado marketing de conteúdo, um elemento fundamental de qualquer estratégia de divulgação para a internet.

Por que apostar no marketing industrial?

Caso você ainda esteja um pouco reticente sobre essa forma de marketing, confira as principais vantagens dele nos tópicos a seguir.

O marketing industrial é marcado pelo aprimoramento na posição mercadológica e na atração de novos clientes. Continue lendo para saber o por quê.

  1. Melhor posicionamento no mercado

As técnicas de marketing industrial incrementam a imagem da empresa aos olhos do público-alvo.

A presença em plataformas populares e a produção de conteúdo ajudam a fixar a marca na memória das pessoas interessadas.

Sua empresa ganha credibilidade e se torna mais distinguível em meio a um mercado tão competitivo como o atual.

  1. Atração de clientes novos

Quando a empresa de alpinismo industrial RJ se faz visível, mais clientes chegam. Um crescimento que deve vir acompanhado de estratégias para fidelizá-los.

A partir do primeiro contato com um novo cliente, o empreendimento deve se esforçar para criar um relacionamento próximo com ele.

Isso envolve oferecer atendimento personalizado, preços e prazos de entrega atrativos e estratégias de pós-venda.

Só é possível construir um público fiel se a empresa B2B se dedicar totalmente a esse objetivo.

Dicas para fazer marketing industrial

Para fechar o conteúdo, vamos mostrar dicas valiosas para divulgar a faixa refletiva onde comprar e outras atividades de forma qualificada na internet.

O meio virtual é marcado pela grande variedade de recursos e perfis de consumidores em potencial.

Por isso, é de bom tom estar ciente de algumas especificações. Dessa forma, as estratégias de divulgação vão render resultados melhores.

  1. Use as técnicas de SEO

Cada resultado que o Google mostra, ou até mesmo os anúncios que a plataforma exibe, é avaliado por algoritmos.

Essas ferramentas tecnológicas analisam a originalidade, a estrutura, o uso de palavras-chaves e links internos dos posts, entre vários outros aspectos.

As regras de SEO foram criadas para garantir a redação de conteúdo otimizado de acordo com os parâmetros dos motores de busca.

Por isso, faça questão de conhecê-las para maximizar a visibilidade do seu negócio na internet.

  1. Defina a buyer persona

A buyer persona (persona do comprador) é a representação fictícia do perfil de cliente de um negócio.

Um exemplo disso é que os estabelecimentos que procuram por laudo do bombeiro para comercio possuem características particulares, desde preferências até objetivos.

Assim, entre dados interessantes de serem levantados para fazer a buyer persona, podemos citar:

  • Faturamento anual;
  • Porte;
  • Público-alvo;
  • Tempo em atividade.

Faça esse levantamento para ter as condições plenas de atender à sua clientela de forma personalizada e qualificada.

  1. Monte uma equipe especializada

A atuação de qualidade exige especialização. No caso do marketing industrial, é recomendável montar um time de profissionais exclusivamente para isso.

As empresas B2B que possuem um departamento específico para as estratégias de marketing ganham mais assertividade no plano de ações.

Para isso, estude maneiras de capacitar os colaboradores, seja por meio de cursos, webinars e formatos similares.

Não economize na especialização. Estamos falando de um setor caracterizado pela velocidade de mudanças e tendências. Manter-se relevante nele demanda conhecimento e inovação constantes.

  1. Seja comunicativo

O uso das redes sociais para fins de divulgação tem que vir atrelado à função primordial delas: a comunicação.

O posicionamento da empresa no Facebook ou no Twitter se torna mais atrativo quando se adota um tom de voz amigável.

Fique atento às reações, opiniões e dúvidas das pessoas que te seguem nas redes. Mantenha-se em contato com elas para demonstrar que a empresa se preocupa com o bem-estar delas.

Essa proximidade é a chave para criar uma audiência fiel e duradoura. Afinal, o cliente fica mais satisfeito com os serviços prestados. E, acima de tudo, tem a certeza de que pode contar com a empresa quando precisar.

  1. Solicite informações do cliente

Um dos pilares centrais do marketing industrial e do marketing digital como um todo são os dados de contato da base de clientes.

E-mails, endereços e números de telefone, entre outros, podem ser utilizados para entregar um atendimento primoroso.

É importante se certificar de que esse tipo de solicitação seja feito de forma sutil e não invasiva.

Mais recentemente entrou em vigor no Brasil a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), que traz regulações e parâmetros para o armazenamento e o uso de dados pessoais por empresas que atuam em território nacional.

Os empreendimentos que têm acesso aos dados podem enviar conteúdo segmentado por e-mail e oferecer preços especiais, por exemplo.

Considerações finais

O marketing se destaca pela alta versatilidade e o marketing industrial é mais um indicativo disso.

A separação da área em setores específicos segue o fenômeno típico do mercado atual: a segmentação.

O tamanho do público que usa internet é tão grande que se torna inviável investir em estratégias de divulgação massivas.

Deste modo, hoje em dia, vale mais a pena se dedicar a nichos de consumo menores para fidelizar com maior facilidade.

Tenha isso em mente na hora de começar a aplicar os princípios do marketing industrial detalhados aqui, de modo a alcançar resultados ainda melhores.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Business Connection, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.