marketing preditivo: Saiba o que é?

preditivo

Marketing preditivo é uma estratégia que tem como objetivo ajudar as empresas a prever alguns acontecimentos e tendências.

Quando pensamos em prever o futuro, logo nos lembramos de filmes de ficção científica e outros mitos da sociedade, mas apesar de parecer algo muito fantasioso, não está tão distante da realidade.

Tecnologias como inteligência artificial e Big Data, bem como tomadas de decisões com base em dados são exemplos de ferramentas que tornam a previsibilidade dos negócios mais assertiva.

Outro exemplo é o data analytics, que pode prever o comportamento do consumidor. Nesse sentido, o marketing preditivo começou a crescer consideravelmente todos os anos, mesmo assim, são poucas as empresas que fazem uso desse recurso.

Mas, com o seu crescimento exponencial, não vai demorar muito para que comece a fazer parte de todo tipo de negócio. Tendo isso em vista, é muito importante começar essa estratégia o quanto antes.

Só que para aproveitar todas as vantagens trazidas por ele, é necessário entender um pouco mais sobre o assunto.

Pensando nisso, neste artigo, vamos explicar o que é marketing preditivo e falar um pouco mais sobre a sua importância. Confira.

Conceito de marketing preditivo

Marketing preditivo é uma estratégia que utiliza dados, por meio de ferramentas como a inteligência artificial e o machine learning, além de combinar diferentes insights gerados pela mineração de dados, algoritmos e modelagem preditiva.

Essas ferramentas mostram as possibilidades de determinado evento acontecer futuramente, como será o comportamento do consumidor e quais são as tendências do mercado.

Essas informações permitem que uma confecção de uniformes sociais para empresas consiga tomar decisões benéficas para os negócios, além de elaborar estratégias mais eficientes.

Quando a companhia consegue se antecipar às tendências de consumo, cria vantagens competitivas inigualáveis. 

Por meio do marketing preditivo, é possível adaptar os produtos e serviços, levando em conta os panoramas.

A partir disso, as campanhas se tornam muito mais assertivas e veiculadas no momento certo para as pessoas mais interessadas.

Como funciona o marketing preditivo

Existem várias maneiras de colocar essa estratégia em prática. E dentre os meios mais comuns estão:

Aquisição de clientes

Por meio do marketing preditivo, é possível identificar e direcionar os conteúdos para públicos compatíveis com a audiência da marca.

Esse processo acontece por meio de um modelo de identificação, que permite à companhia conquistar clientes.

A prática costuma ser utilizada no Facebook Ads, pois quando a organização cria um anúncio, pode baixar uma lista de potenciais clientes diretamente de sua lista de contatos, e selecionar a opção “público loolalike”.

Depois disso, o algoritmo da plataforma passa a veicular as campanhas para pessoas que possuem perfis similares aos contatos na página.

Recomendações de conteúdos

Várias ferramentas são utilizadas no dia a dia dentro das organizações, como no caso das centrais na nuvem, e por meio da filtragem colaborativa, conseguem melhorar consideravelmente suas estratégias de marketing.

Esse recurso utiliza dados de navegação do passado do usuário, conhecido como behavioral targeting, que cria recomendações de conteúdo.

Com esses dados em mãos, a marca é capaz de anunciar para as pessoas que estão realmente propensas a comprar seus produtos e serviços, além de enviar materiais relevantes diretamente para elas.

Conteúdo personalizado

A segmentação de público é outra possibilidade do marketing preditivo, e a empresa detém informações importantes mas a respeito de várias informações relevantes sobre seu público, tais como:

  • Comportamento;
  • Características demográficas;
  • Interesses;
  • Necessidades.

Essas e outras variáveis ajudam a criar boas campanhas de e-mail marketing em modelos de fluxos de automação. 

É assim que o negócio identifica padrões de comportamento e passa a enviar mensagens personalizadas para o lead.

Lead Scoring

Esse processo consiste em utilizar dados do lead para ranqueá-lo, levando em conta as possibilidades reais de conversão. Em outras palavras, quanto mais perto da conversão, maior será a pontuação do lead.

Por meio dessa técnica, uma empresa de locação de caçambas elabora estratégias para disparar as mensagens e incentivar a conversão, tudo por meio de uma experiência de compra personalizada.

As mensagens são enviadas no momento certo, por meio de conteúdo adequado, aumentando as chances de leads se tornarem clientes.

Tendo em vista o funcionamento do marketing preditivo, não é difícil imaginar por que ele é tão importante para as companhias.

Importância do marketing preditivo

Já faz muito tempo que o cliente se tornou o foco de todas as estratégias de marketing das empresas que realmente querem crescer em seu mercado de atuação.

Desde o marketing 2.0, o comportamento e as necessidades das pessoas se tornaram a base para a divulgação de produtos e serviços e para as tomadas de decisões.

Com a chegada do marketing 3.0, estas questões ficaram ainda mais relevantes e foram acrescidas dos anseios e valores que os consumidores possuem, e que esperam que as organizações atendam e reconheçam.

Mas, foi com a chegada do marketing 4.0, que empresas dos mais variados setores, como uma de comodato máquina de café, perceberam que o poder dentro da relação de consumo é totalmente dos consumidores.

Isso se deve ao acesso facilitado às informações, possibilitado pela internet e pelas redes sociais, que tornaram a participação das pessoas muito mais ativa no mercado.

Mesmo que isso tenha mudado muitas coisas para as companhias, trouxe benefícios, visto que o engajamento dos consumidores aumentou consideravelmente.

Ao mesmo tempo, essa transformação eleva a comparação entre as marcas e impulsiona a migração para a concorrência.

O marketing preditivo pode ser considerado a evolução 5.0, uma vez que é capaz de apontar as necessidades e a importância de usar recursos tecnológicos para coletar e analisar dados.

Eles geram insights que serão usados pelos profissionais para criar estratégias precisas e direcionadas.

Tendo isso em mente, um fabricante de mesa plástico pode considerar esse tipo de marketing é importante porque por meio dele é possível prever acontecimentos e embasar as decisões.

Isso também possibilita que o padrão de comportamento dos consumidores seja estudado, e as conclusões mudam as formas de atuação, tornando-as mais assertivas e assim contribuir para a atração e retenção de clientes.

Ferramentas do marketing preditivo

Várias ferramentas tecnológicas podem ser utilizadas para aplicar o marketing preditivo, dentre elas o machine learning

Essa tecnologia permite que os sistemas acessem, analisem e interpretem dados para automatizar as respostas.

Trata-se de um subconjunto da inteligência artificial que torna uma máquina hábil para identificar padrões, conectá-los e aprender com eles.

Dentro do marketing preditivo, uma empresa de corte a laser chapa de aço pode aplicar essa tecnologia para indicar produtos e serviços aos clientes, considerando os padrões de comportamento entre as pessoas.

A inteligência artificial é uma ciência da computação que possibilita que as máquinas copiem ações humanas e sejam capazes de realizar atividades que antes eram feitas pelas pessoas.

Sistemas e computadores são ensinados a pensar e agir, como se fossem uma pessoa real. 

Devido a isso, a inteligência artificial passou a ser uma ferramenta importante para melhorar a produtividade e a realização automática de atividades repetitivas.

O data analytics é outra ferramenta, e por meio dela uma fábrica de perfil de alumínio faz uma análise detalhada dos dados armazenados no Big Data. Em outras palavras, é a verificação dos dados gerados e acumulados pelo negócio.

Para funcionar, o data analytics segue um trajeto que consiste na entrada e processamento de dados; organização das informações; análise de referências; geração de insights e tomada de decisões.

Independentemente de qual seja a ferramenta que você deseja usar no seu negócio para aplicar o marketing preditivo, é necessário seguir alguns passos para colocá-lo em prática.

A primeira coisa a ser feita é escolher a tecnologia que será utilizada, e após isso automatizar os processos de marketing praticados pelo negócio.

Todos os conteúdos precisam ser personalizados e a empresa deve trabalhar com peças de marketing variadas.

Por fim, um fabricante de carimbo grande personalizado deve manter o cliente no centro de suas ações, pois por mais que a abordagem seja a prática, as estratégias só geram resultados se estiverem de acordo com as características do público.

Conclusão

Sendo assim, o marketing preditivo tem como objetivo colaborar para que as companhias entreguem aos consumidores exatamente aquilo que eles esperam, o que acaba por aumentar os lucros do negócio.

Outro foco indiscutível é elevar o nível de satisfação das pessoas, atendendo-as de maneira pontual e correspondente às suas expectativas e necessidades.

Isso é muito importante porque quando o cliente está satisfeito, conquista defensores da marca que vão falar bem dela para as outras pessoas.

Essa estratégia de marketing melhora a abordagem dos negócios e contribui para o crescimento deles, de maneira sustentável e constante.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.