Com o intuito de melhorar suas vendas, é cada vez mais comum encontrar empresas que buscam soluções para otimizar o seu trabalho. Uma delas, que pode ser indispensável dentro de uma estratégia de crescimento, é o CRM

 

O Customer Relationship Management (CRM), ou Gestão de Relacionamento com o Cliente, é um software que pode trazer várias mudanças para um estabelecimento, permitindo que ele conquiste uma série de melhorias para o seu dia a dia.

 

De fato, fazer a gestão de uma empresa é um ponto essencial para o bom desenvolvimento dela, e incluir ferramentas que permitam uma administração centralizada e estratégica é fundamental nesse processo.

 

O CRM surge nesse cenário como uma solução prática e eficiente, pois faz com que cada ação realizada seja registrada e se torne mais ordenada, sendo esses alguns dos pontos que fazem toda a diferença no caminho para o sucesso. 

 

Para entender melhor esse processo, é só imaginar um estabelecimento que fabrique e forneça açaí revenda. É preciso ter uma gestão eficaz de cada etapa das vendas para não haver erros e para tratar cada cliente como único. 

 

Afinal, todo consumidor deseja ser atendido da melhor forma possível, principalmente quando há particularidades no seu pedido. No entanto, sem uma ferramenta apropriada para essa função, certamente esse seria um trabalho impossível. 

 

Quando se pensa na quantidade de compradores que uma fábrica dessas vai atender periodicamente, não é difícil prever que um bloco de notas não dará conta de registrar todos os detalhes que podem estar envolvidos em cada nova venda.

 

Dessa forma, nada mais indispensável do que um sistema de vendas, que seja eficiente, detalhista e completo, tanto no que diz respeito à estrutura de uma pequena empresa, quanto para oferecer o suporte indispensável de uma grande companhia.

 

É aqui que entra o CRM, um software que pode se tornar o maior facilitador da equipe de vendas de uma empresa. Para conhecer mais sobre a ferramenta e os seus benefícios, siga na leitura deste artigo. 

CRM de vendas: entenda o conceito

Há empresas de vários segmentos e de diferentes tamanhos. Um estabelecimento especializado em higienização de estofados, por exemplo, pode ser uma pequena empresa familiar ou uma grande rede que atua em diferentes países.

 

Não há limites para o crescimento de uma marca, desde que os responsáveis por ela tenham a qualificação e a experiência necessárias para investir nas estratégias mais promissoras e eficazes possíveis.

 

Dentro de tudo isso, nada mais natural do que ter um sistema capaz de organizar toda a base de clientes da empresa. O CRM é justamente esse software, sem o qual certamente seria bastante difícil uma boa administração dessa carteira.

 

Para entender melhor o que é um CRM, vale começar a apresentação pelas suas funcionalidades. São elas:

 

  • Cadastro de compradores (pessoas físicas e jurídicas);
  • Inserção e acompanhamento de funis;
  • Administração de leads;
  • Gestão da equipe de vendas;
  • Integração com outros softwares;
  • Impressão de relatórios.

 

Diante de tudo isso, nada mais interessante do que perceber que um CRM se trata de uma ferramenta ampla e completa para a gestão da área de vendas da empresa.

 

Além de tornar mais simples o cadastro de clientes, o sistema também permite que sejam criados e monitorados diferentes tipos de funis de vendas, de pré-venda, de pós-venda ou outros tipos, tornando esse acompanhamento mais eficiente.

 

Em paralelo, o CRM ajuda na administração de leads, sejam os novos, os mais antigos e os que estão sendo abordados no momento. Tudo isso para uma melhor abordagem da empresa.

 

O time de vendas também é bastante beneficiado por isso, já que pode facilmente encontrar soluções para acompanhar o andamento de cada cliente. 

 

Dessa forma, é possível dizer que o CRM pode ser tão funcional quanto um porta caneta de acrílico, no qual se pode acomodar cada item utilizado no dia a dia em espaços apropriados, tornando o acesso, o uso e a guarda de informações muito mais rápida.

 

Outra característica de um CRM é o de poder integrar outros sistemas ao seu, como pode ser importante para uma plataforma de marketing. Dessa maneira, é possível unificar dados e melhorar a abordagem ao público.

 

Por fim, mas não menos importante, o CRM é um software que ajuda a ter acesso a relatórios diversos, nos quais se pode verificar uma série de informações indispensáveis para o planejamento de estratégias da companhia.

 

Tudo isso é possível pois o CRM permite uma análise de dados dos clientes, para que seja mais fácil prever os seus desejos, tornar o processo de venda mais eficaz e, com isso, aumentar consideravelmente a produtividade dentro do departamento de vendas.

 

Nesse sentido, qualquer empresa, desde uma auto escola até uma loja de roupas infantis, pode aproveitar os recursos de um CRM para garantir um trabalho mais dinâmico e assertivo com os recursos presentes nesse tipo de software.

Os benefícios de um CRM

Muitos dos processos internos de uma empresa podem ser melhorados quando se investe em um CRM. Não à toa, é comum que vários benefícios sejam percebidos após a implementação dele. Saiba quais são a seguir:

1. Controle das negociações

A depender do tipo de produto que uma empresa vende, como pode ser o caso de uma fabricante de deck de madeira para piscina, a negociação pode demorar algum tempo para acontecer.

 

Afinal, além da pesquisa natural que o cliente faz antes de se decidir pela compra, há também processos de ajuste de preços para compras maiores, pagamentos divididos e outras etapas necessárias.

 

Para não se perder, o CRM ajuda nessa fase, permitindo que a equipe de vendas consiga estar sempre atualizada sobre cada cliente e cada compra.

2. Centralização das informações

O CRM também é um recurso importante para centralizar as informações de vendas em um único sistema. Para entender, basta imaginar a base de uma escola que oferece cursos de cabeleleiros: com um software adequado, é possível aumentar o número de novos alunos.

 

Isso porque a equipe responsável por trazer novos aprendizes consegue acessar toda a base de leads, podendo então saber em qual etapa do funil eles estão e, com isso, aplicar as estratégias mais indicadas para o momento.

 

Não ter acesso a essas informações prejudica, e muito, o trabalho, dificultando o aumento da carteira de clientes ativos em qualquer segmento do mercado.

3. Acompanhamento personalizado de clientes

É preciso ter sempre em mente que cada cliente é único. Afinal, as pessoas possuem necessidades e personalidades diferentes, de modo que atender a um ou a outro perfil de consumidor pode ser um desafio para os vendedores de uma equipe.

 

Com um CRM ativo na empresa, uma adega pode ter todo o sucesso nas suas vendas. Ao verificar que um determinado comprador consome apenas vinhos brancos, o vendedor sabe que ao oferecer o produto ele pode conseguir vender mais.

 

Já se ele tentasse vender vinhos tintos, certamente teria uma recusa maior, o que prejudica o seu desempenho na equipe. Portanto, o CRM tem essa função de acompanhamento personalizado dos consumidores, o que ajuda a oferecer um tratamento personalizado.

4. Verificar de perto as necessidades e os resultados

Os resultados de venda de uma empresa são dados essenciais para o dia a dia. Com base neles, é possível perceber pontos indispensáveis, como a melhoria na abordagem dos vendedores ou no aumento do portfólio de produtos.

 

Nesse cenário, ocorre que uma serralheria pode ter recebido um pedido e não conseguir entregá-lo pela falta de material no estoque. Isso prejudica a imagem da empresa e faz com que ela perca clientes.

 

No entanto, quando os gestores percebem um aumento na procura de corrimão de ferro para escada, novos resultados podem ser conquistados pela empresa, o que vai garantir um melhor faturamento depois.

 

Com o CRM, há maior possibilidade de se perceber quais são as necessidades atuais do estabelecimento, investindo nelas para que os resultados colhidos lá na frente sejam mais recompensadores.

 

Portanto, nada mais recomendado do que utilizar o software para essa aplicação, o que vai trazer benefícios em diversos momentos da empresa, tanto no que diz respeito ao curto prazo, quanto posteriormente, no longo prazo.

Considerações finais

De fato, hoje é possível contar com vários recursos que otimizam o dia a dia de uma empresa, sendo o uso de softwares específicos cada vez mais indispensáveis, como é o caso do CRM.

 

Ao optar por adquirir um sistema desses, qualquer estabelecimento pode colher vantagens na sua rotina, tais como o controle de negociações, centralização de informações, acompanhamento personalizado de clientes e conhecimento de resultados do negócio.

 

Por isso, se você é empresário e está em busca de uma ferramenta para otimizar o departamento de vendas, não deixe de conhecer o CRM e de apostar nele para conquistar melhorias significativas nos processos do seu negócio.

 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Categorias: Tecnologia