5 estratégias de SEO para o seu e-commerce

O SEO para o seu E-commerce consiste em um conjunto de ações e estratégias que podem ser utilizadas por sua empresa para ter um melhor posicionamento durante pesquisas nos mecanismos de busca. 

Dessa forma, o objetivo é obter mais tráfego para o negócio de forma orgânica, o que possibilita aumentar o número de vendas também.

Para alcançar o destaque nos buscadores, ou mesmo uma melhora no ranqueamento, é possível recorrer a diferentes estratégias – que podem ser resumidas em mídia paga e busca orgânica. 

No caso do SEO, a técnica é centrada em ações essencialmente de busca orgânica, visando melhorar o ranqueamento da página nos mecanismos de busca e oferecer uma melhor experiência aos usuários que acessam a página e conteúdos.

Esse investimento agrega diversos resultados positivos para a empresa, sendo altamente utilizado nas estratégias de marketing digital de negócios de diferentes portes.

Deste modo, esse é um trabalho que consiste, portanto, na busca por uma melhora da experiência do usuário por meio da elaboração de um conteúdo de qualidade. 

Diante dessa introdução, neste artigo falaremos sobre o processo de planejamento e implementação de estratégias de SEO no ambiente digital, assim como as práticas direcionadas para o crescimento do seu negócio, seja uma empresa de paisagismo ou baseada na assessoria contábil. 

Acompanhe nossas dicas a seguir e descubra como melhorar o tráfego do seu site, além de aumentar o número de vendas e reforçar a autoridade da marca. 

Entenda o SEO para e-commerce

O primeiro passo para o desenvolvimento de uma boa estratégia de SEO é compreender como ela se aplica frente ao seu público e considerando seus objetivos.

No caso do SEO para e-commerce, existem algumas estratégias que otimizam o site e as páginas de produtos para os mecanismos de busca de forma orgânica, com o intuito de posicioná-lo para vender produtos ou serviços. 

Ou seja, ações que valorizam e posicionam os materiais de lojas virtuais, como é o caso da página de venda de ecobag personalizada e de outros produtos diversos que podem ser divulgados.

Basicamente, o SEO é uma estratégia que tem como origem a sigla Search Engine Optimization, e representa um conjunto de estratégias direcionadas para a melhora do posicionamento orgânico da sua loja virtual em um site de ferramenta de busca, como é o caso do Google.  

Já o termo e-commerce vem do comércio eletrônico, e representa a prática de uma loja virtual na qual negociações online podem ocorrer, independentemente de se tratar de um produto ou serviço.

Com essa introdução, podemos entender que o SEO no ambiente do e-commerce é direcionado para o planejamento, mensuração e a implementação de ações de otimização no site.

Essa ação tem o objetivo de aumentar o alcance do negócio e, consequentemente, o número de vendas, trazendo visibilidade orgânica para a marca. Isso agrega não somente uma melhora do tráfego, mas reconhecimento para a marca e oportunidades de desenvolvimento.

A importância do SEO para e-commerce

O SEO é fundamental para o sucesso da sua empresa, seja no ambiente do e-commerce ou não. 

Por exemplo, se uma empresa de logística internacional deseja aumentar sua visibilidade, ter maior presença no mercado e reforçar a autoridade da marca, ela pode contar com as estratégias de SEO para alcançar potenciais clientes de forma mais qualificada.

Geralmente, essa é uma estratégia que traz mais confiabilidade por parte do usuário, pois demonstra que a empresa não realizou um pagamento para aparecer e, sim, que trabalhou em torno de um conteúdo e outras ações de qualidade para desenvolver o site. 

Tudo isso dentro da plataforma do Google, que é a principal ferramenta de pesquisa dos usuários. 

Diante disso, podemos afirmar que as estratégias de SEO em seu e-commerce agregam os seguintes benefícios:

  • Ajuda o público a confiar em sua marca;
  • Aumenta o tráfego qualificado;
  • Permite que a empresa seja autoridade no segmento;
  • Faz com que o negócio esteja à frente da concorrência.

Isso representa dizer que é a chance de uma empresa de controle tecnológico de concreto, ou de outro qualquer outro segmento, ter um diferencial para a marca e atrair um maior número de clientes para o negócio.

Funcionamento do SEO: o que você precisa saber?

Agora que você já entende o que é SEO e como ele pode ser importante para o seu negócio, é preciso compreender também o seu funcionamento, levando em conta sua usabilidade e aplicação no cenário do E-commerce.

Primeiro, vamos entender como o Google funciona.

De modo geral, essa ferramenta exibe em seus resultados de busca os links que são mais relevantes para o negócio, a partir do que foi classificado em seu algoritmo. 

Esse algoritmo consegue indexar os sites com maior relevância online, hierarquizando a partir de sua ordem de relevância em cada pesquisa, conforme os termos usados, o hábito de navegação do usuários e adequações técnicas ao SEO e à experiência do usuário.

Essa ação é muito importante porque, geralmente, os primeiros links possuem maiores chances de obter visibilidade dos clientes e, por isso, estar entre os primeiros posicionamentos na primeira página é fundamental para o sucesso do negócio. 

Para ter uma melhora no posicionamento orgânico, primeiramente é preciso realizar um rastreamento do site, uma verificação sobre o armazenamento de seus dados, assim como a classificação do site. 

Existem vários fatores que podem contribuir para uma melhora no posicionamento do seu site, seja de vistoria veicular ou de outro segmento. 

Para se ter uma ideia, há uma estimativa de que existem mais de 200 fatores que afetam o ranqueamento de um site. 

Dentre eles, podemos destacar a produção de conteúdo de qualidade, inserção de palavras-chaves de acordo com o segmento, objetivo e público, bem como um site que seja confiável, responsivo, acessível e com rápido carregamento. 

O passo a passo do SEO: 5 estratégias para o negócio 

Para aplicar uma estratégia de SEO em seu negócio, é fundamental que sua empresa realize um planejamento prévio. 

Isso representa fazer uma análise das características do seu e-commerce, do cenário no mercado, da atuação, dos clientes e seu perfil como um todo, identificando as oportunidades e riscos, bem como quais características do negócio podem ser evidenciadas.

Também é preciso considerar o reforço da imagem e uma identidade clara para o negócio, o que ajudará no reconhecimento da marca com a implementação das ações de SEO e posicionamento em plataformas diversas, como rede social.

Esse planejamento contribui para que sua empresa consiga identificar algumas oportunidades e alcance/conquiste mais clientes. 

Nos próximos tópicos você compreenderá algumas estratégias que são essenciais ao planejar uma ação de SEO. Confira! 

A escolha de palavras-chaves

É muito importante quando sua empresa realiza uma escolha assertiva das palavras-chave e, para isso, realiza um planejamento e estudo prévio. 

As palavras-chaves devem ser avaliadas conforme o segmento de atuação e objetivo da marca. Além disso, atuam como um guia que permite mapear as estratégias e direcionar as ações, bem como atrair e direcionar os internautas, auxiliando com a produção de um conteúdo de valor, por exemplo, e com a navegação no site.

Ou seja, é uma ação que servirá como um ponto de partida para o seu negócio. 

Existem algumas ferramentas que podem ajudar na pesquisa e identificação dessas palavras, como é o caso do Google Trends e Google Ads.

No caso do trends, a ferramenta permite que o produtor de conteúdo identifique dentro de um tema o que mais tem sido pesquisado, direcionando os termos que pode introduzir nos materiais e páginas.

Nesse contexto, uma empresa de oficina automotiva pode acessar o Google Trends e identificar o que os clientes mais pesquisam no segmento, como se buscam sobre atividades de uma oficina automotiva e quais consertos oferecem, por exemplo.

Isso é importante porque contribui para a produção de um conteúdo direcionado ao público-alvo e que será relevante, bem como contribuirá com a leitura do algoritmo, permitindo posicionar o conteúdo com mais qualidade.

Já o Ads possibilita avaliar valores, termos mais pesquisados e até o índice de pesquisas, bem como se houve um aumento ou queda nas pesquisas, podendo promover campanhas pagas também.

A aplicação de URLs Amigáveis

Outra estratégia é a aplicação de uma URL que seja amigável e isso é importante não somente do ponto de vista de um endereço eletrônico, bem como facilitando a leitura e interação dos internautas, assim como a leitura dos algoritmos.

Isso porque as URLs também são consideradas como um fator de análise para o Google, sendo essenciais para trazer informações sobre o site, estrutura, além de aspectos técnicos. 

Diante disso, a recomendação é utilizar uma ferramenta que encurte o endereço, e usar urls com palavras de fácil compreensão e com códigos fáceis de acessar. 

Além disso, um dos aspectos que o Google considera é a segurança do site, assim como a segurança do cliente. 

Imagine que em um e-commerce, há a possibilidade de realizar a compra e inserir dados de cartão de crédito. 

Diante disso, é essencial que seu site seja seguro e isso é possível por meio do uso do protocolo SSL. 

A escolha de um bom título e uso da meta descrição

Outro elemento importante para o seu site, seja ele de empresa de conservação e limpeza ou e-commerce de brinquedos criativos, é escolher as tags que estarão presentes em seu site.

Isso é fundamental para aumentar o tráfego de seu site, assim como contribuir como um elemento de ranqueamento. 

Por meio dessa ferramenta é possível conquistar o seu cliente com um bom título de descrição, que traga informações completas sobre os serviços realizados e oferecidos em sua empresa. 

Atenção às métricas de avaliação

No desenvolvimento de um site, assim como em seu funcionamento, existem algumas métricas que precisam ser definidas no planejamento e que devem ser avaliadas no processo. 

Um exemplo é a métrica de tráfego, ou seja, a quantidade de acessos dos usuários.

Além do tráfego, há a taxa de rejeição ao conteúdo, o tempo médio que o cliente passa em uma página, se houve ações de compartilhamento e interação, dentre outras interações de valor para alcançar os resultados esperados.

As métricas servem como um guia, ou seja, como uma forma da empresa entender se as ações realizadas estão dando certo ou se é necessário realizar mudanças. 

Foque na Experiência do usuário

Por fim, a última dica diz respeito a otimização da página considerando a experiência do usuário.

Assim, o site de uma empresa de administração de condomínios residenciais ou um e-commerce de uniformes para empresa pode melhorar a navegação de seus potenciais clientes, e retê-los na página, ampliando as oportunidades de conversão.

Além disso, a experiência do usuário, bem como o tempo de permanência, são fatores cruciais para o SEO e para o posicionamento do site na SERP.

Para se ter uma ideia, a boa navegabilidade passou a ser considerada pelo Google como um fator de ranqueamento primário, agregando positivamente ao negócio. 

Considerações finais

Diante disso, é fundamental que o contato do  usuário com sua marca seja positivo, pois isso permite uma boa avaliação da página.

A partir disso, será possível alcançar um bom ranqueamento e, por meio das demais ações de SEO, proporcionar uma boa navegabilidade e, consequentemente, melhor desempenho para seu e-commerce.Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Business Connection, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.