5 Sintomas De Úlcera No Estômago

Úlceras no estômago incomoda bastante, por isso fizemos este artigo, para te ajudar a detectar esse mal e saber como tratar.

O que é Úlcera?

As úlceras são lesões superficiais que podem ocorrer em qualquer organismo. 

Qualquer pessoa está predisposta a desenvolver uma lesão nos tecidos, entretanto, existem pessoas que se tornam mais vulneráveis ao problema.

Estas lesões são um tipo de feridas que rompem o epitélio e expõem os tecidos mais profundos. 

Um tipo muito comum de úlcera, por exemplo, é a afta. 

As úlceras podem ser de diversos tipos, as mais conhecidas são as que ocorrem no estômago, no duodeno e no esôfago.

Como se adquire Úlceras?

O estômago possui um tecido que o reveste e o protege. 

Neste caso, a mucosa funciona como uma barreira contra a ação do suco gástrico, que é extremamente ácido. 

A úlcera é um tipo de um machucado nesse tecido de proteção e pode ocorrer por vários motivos. 

Os mais comuns são: 

  • Uso abusivo de medicamentos para infecções.
  • Genética, 
  • Estresse 
  • Uso de cigarro
  • Excesso de bebida alcoólica

Esses são alguns dos fatores que podem influenciar uma pessoa a adquirir úlcera, pois, o suco gástrico, acaba agredindo a mucosa e gerando uma ferida na região.

Que bom que você já leu este artigo até aqui, caso você queira saber mais se o sulfato ferroso engorda, leia este outro artigo. 

Quais os Sintomas da Úlcera?

  •  Inchaço no estômago

O inchaço no estômago é um sinal de que você pode ter uma úlcera.

Mas somente esse sintoma não dá para confirmar se é realmente, é preciso que esse desconforto se estenda por alguns dias ou que você tenha outros sintomas para ter a certeza se é uma úlcera no estômago.

  • Mal estar

É comum sentir um mal estar no estômago, essa sensação ruim pode provocar náuseas e vômitos.

Além disso, algumas pessoas podem notar uma perda de peso devido aos episódios de náusea, falta de apetite e vômito.

  • Dor

O principal sinal de úlcera no estômago é a dor abdominal, ela pode ocorrer ao redor do estômago ou próximo a região do umbigo.

Na maioria das vezes, a dor é mais forte quando o estômago está vazio e alivia quando você come alguma coisa.

  • Queimação

A azia e a sensação de queimação no peito são sintomas muito comuns em pessoas com úlceras estomacais. 

De fato, os ácidos gástricos que machucam o estômago também irritam as paredes do esôfago, causando a queimação.

Além disso, algumas pessoas podem sentir arrotos com mais frequência e sofrer episódios de refluxo por causa do machucado no estômago.

  • Fezes escuras ou vermelhas

Dependendo da ferida, é possível que aconteça algum sangramento. 

Por isso, você irá perceber sangue nas fezes. Portanto, esteja atento a fezes vermelhas ou mais escuras do que o normal.

Como tratar a Úlceras?

No caso da úlcera gástrica, o melhor a fazer é tratar a acidez local. 

Desta maneira, para que a pessoa tenha um alívio das dores e da queimação, é recomendado o uso de antiácidos, que irão parar o excesso de suco gástrico.

Também existem remédios como cytotec misoprostol para tratar essas dores na barriga. Mas, antes de adquirir qualquer remédio, consulte o seu médico, e sempre opte por comprar misoprostol original.

No caso da úlcera ser resultado de alguma infecção, o indicado é utilizar antibióticos para acabar com a infecção. 

Uso abusivo de álcool e de cigarro também pode contribuir muito para o desenvolvimento de ulcerações, portanto, estas substâncias devem ser cortadas da vida do paciente que deseja acabar com a úlcera.

O tratamento pode variar de cada caso, mas na maioria das vezes o tratamento consiste em:

  • Antibióticos para acabar a infecção causada pela bactéria H. pylori,
  • Inibidores da bomba de prótons para reduzir a produção de ácido gástrico,
  • Bloqueadores do receptor H2 que agem para controlar a produção de ácido gástrico,
  • Suplementos de bismuto, pois tem ação antiácido,
  • Probióticos para facilitar a eliminação de bactérias 
  • Interrupção no uso de anti-inflamatórios.

Assim que os sintomas diminuírem e a dor for controlada, recomendamos interromper o uso dos medicamentos.