Inbound marketing: Conheça 3 boas estratégias

inbound

A área de marketing é repleta de estratégias inteligentes para conquistar e fidelizar consumidores, e uma dessas ferramentas é o inbound marketing, um campo que surgiu nos Estados Unidos em 2009 e que rapidamente se espalhou por todo mundo.

inbound

Sendo aderido por grandes, médios e pequenos empreendedores, o método é voltado especialmente para otimizar o atendimento do empreendimento, de forma que mais clientes sejam conquistados. 

Podendo ser colocado em prática por qualquer segmento, como empresa especializada em móveis de vime sintético e clínica dermatológica, por exemplo, o inbound é um caminho totalmente inovador dentro do marketing, fugindo das regras tradicionais.

Uma dessas regras é a procura por consumidores, que faz muitas empresas colocarem em equipes na rua para conquistar mais clientes. 

Entretanto, o inbound é justamente o contrário, nesse campo, é o freguês que vai em busca do empreendimento.

Entendendo o inbound marketing 

Talvez na hora não seja possível identificar, mas com certeza a sociedade esbarra com as ferramentas do inbound boa parte do tempo. Presente em todas as esferas da internet, a metodologia está sempre em ação para converter navegadores em consumidores.

Para isso, utiliza diversos canais de comunicação, como os blogs, redes sociais, influenciadores, e-mails, landing pages e muitos outros recursos que estão presentes no mundo digital. 

Tendo como principal objetivo atrair, converter e fidelizar clientes, a metodologia visa cativar cada usuário presente na internet com os seus aparatos, criando uma conexão repleta de benefícios para ambos, mas principalmente para o negócio. 

Para entender melhor, basta pensar em uma empresa de paisagismo e jardinagem em condominios

Para atrair os seus futuros consumidores, ela pode apostar em um blog que ensine de forma fácil como manter a saúde das plantas e a beleza do jardim.

Assim, distribuindo conteúdo relevante e que é procurado pelo seu público-alvo, esse empreendimento acaba dando destaque para o seu nome, e com isso, torna-se autoridade no assunto, ficando na cabeça de clientes que futuramente precisam dos serviços. 

Esse é apenas um simples exemplo do que o extenso inbound marketing pode fazer por uma marca. Afinal, ele trabalha em parceria com outras áreas, intensificando a sua atuação e promovendo resultados satisfatórios. 

Estratégias

Formado por três fundamentos: SEO, Marketing de Conteúdo e Estratégias em Redes Sociais, antes de tentar colocar em prática o inbound, é essencial entender cada viés que o formam, pois será mais fácil atingir a meta desejada. 

1- SEO

Muito presente na área da redação, SEO (Search Engine Marketing Optimization) nada mais é que um mecanismo que visa otimizar um site, o deixando mais fácil de ser encontrado pelo usuário da internet.

Quando relacionado ao inbound marketing, essa ferramenta é de extrema importância na hora do desenvolvimento da estratégia, pois é ele que ajudará o conteúdo a ser mais visível na internet e que também possibilitará uma melhor experiência para quem consome.

Repleto de técnicas, o SEO pode ser aplicado em qualquer conteúdo, desde um texto de vistoria e laudo veicular até um post sobre saúde feminina. 

Para isso, basta colocar em prática os seguintes tópicos:

  • Boa linkagem interna;
  • Uso de palavras-chave;
  • Tornar o site responsivo;
  • Nomear as imagens;
  • Call To Action (chamada para ação).

E muitos outros passos que serão fundamentais para que o conteúdo se propague com maior qualidade na internet e também que seja mais atrativo para o consumidor.

2- Marketing de conteúdo 

Cada vez mais difundido mundialmente, essa espécie de marketing vem sendo muito utilizada por empresas e personalidades digitais que desejam atrair clientes ou seguidores por meio de informações relevantes.

Esses conteúdos podem ser publicados em vários formatos, como ebooks e postagens explicativas, e ajuda a fidelizar consumidores, expandir a lista de leads, reforçar ou desenvolver autoridade no ramo, ter uma conexão com o público-alvo. 

Sendo assim, são grandes vantagens que transformam o posicionamento de uma empresa no mercado. 

Além disso, o marketing de conteúdo também ajuda a humanizar a marca, porque estabelece uma comunicação sincera, repleta de soluções para quem precisa. 

3- Estratégias em redes sociais 

Com um conteúdo otimizado em mãos, agora deve-se pensar em como propaga-los nas redes sociais, locais que estão em constante movimento e que há um grande fluxo de pessoas que deixam claro o que precisam, o que estão em busca e o que consomem.

Essas estratégias geram um grande engajamento do conteúdo que foi publicado, que consequentemente atinge ainda mais pessoas por meio das curtidas e do compartilhamento. 

Porém, além de um grande alcance, esse planejamento acaba levando a empresa a ter um direcionamento mais assertivo, acertando e se aproximando do público certo. 

Sem esses três pilares é impossível colocar o inbound marketing em ação, já que ele é feito justamente de todas essas técnicas que atraem. 

Sendo ainda mais impossível, não investir na ferramenta, que é repleta de benefícios para qualquer negócio. 

Algumas vantagens que são destaque:

  • Fidelização de clientes;
  • Propagação de informação sobre o negócio;
  • Aumenta a presença da marca no mercado;
  • Otimiza a comunicação com o público-alvo;
  • Diminui o ciclo de vendas;
  • Reduz os custos.

Todos os tópicos acima são o motivo que levaram o inbound a ganhar um grande destaque no marketing. 

Afinal, qual empresa não deseja ser referência? Falando sobre gastos, a ferramenta é acessível e requer pouca mão-de-obra. 

Uma empresa especializada em limpeza que deseja aplicar o inbound pode criar um e-mail marketing informando sobre o seu trabalho e também dados dicas específicas.

Essa situação substitui, por exemplo, o uso de panfletos. Além disso, quando se fala sobre redução de custos, não se está falando apenas de material, mas também de tempo, que é um recurso muito precioso. 

Inbound marketing x marketing tradicional

Tudo bem que os benefícios gerados pelo inbound também podem ser encontrados no marketing tradicional, também conhecido como outbound. 

Porém, para ter todas essas vantagens será necessário mais investimento e percorrer um caminho mais longo.

Essas duas vias são inerentes, ou seja, uma precisa da outra, mas isso não quer dizer que nenhuma tenha melhores benefícios. 

Exemplo, a oficina auto elétrica utiliza o rádio e a televisão para anunciar a sua marca. Porém, com o passar do tempo, ela decide investir no inbound marketing. Quais serão os seus benefícios? 

Para começar, o inbound possibilita uma comunicação abrangente e não unilateral como o outbound. Segundo, esse marketing mais moderno promove um relacionamento mais duradouro, diferente do tradicional, que também tem um menor engajamento. 

Esse pouco envolvimento está relacionado com as suas ferramentas de divulgação, como outdoors, cartazes colados no pontos de ônibus, propaganda em jornais, isso não gera conexão. 

Aplicando o inbound marketing 

Para colocá-lo em ação, o primeiro passo é entender completamente todos os seus mecanismos, objetivos e quais os resultados que podem ser alcançados com ele. 

Segundo, é realizar o percurso dividido em quatro etapas, cada uma ajuda na construção de uma estratégia mais sólida, ajudando a atingir o objetivo com mais exatidão. Esses estágios são: atração, conversão, venda e encantamento.

Essas etapas podem ser realizadas por meio de diversas ferramentas comunicacionais que são importantes para o contato com o público. Algumas delas são:

  • Blog;
  • E-mail marketing;
  • Landing pages;
  • Redes sociais.

Mas, antes de sair compartilhando conteúdo por aí, também é preciso verificar para qual etapa do funil ele será desenvolvido, pois cada parte tem um objetivo diferente.

Topo, aprendizado sobre o assunto; meio, intenção de adquirir o produto; fundo, avaliação dos critérios e a decisão final. 

Assim, se um post para blog é voltado para explicar o motivo da pele ficar flácida com o passar do tempo, então ele é direcionado para o topo do funil. clínica de estética corporal, então, deverá utilizá-lo para atrair os seus futuros pacientes. 

Após compreender para qual etapa do funil o conteúdo será direcionado, fica mais fácil escolher a ferramenta comunicacional. 

Afinal, esse meio é repleto de estratégias e cada passo precisa se interligar com outro, gerando um projeto sólido. 

Considerações finais 

Portanto, o inbound marketing é um campo essencial para a divulgação, consolidação de qualquer marca e venda de qualquer produto. 

Por exemplo, aluguel de escritório compartilhado, curso de idiomas, loja de roupas para gestantes e qualquer outro negócio pode fazer uso. 

Possibilitando um maior alcance e uma ligação diferenciada com o consumidor, o inbound não apenas trabalha com números de novos clientes, mas também proporciona a eles uma experiência encantadora, que conquistará o respeito e apreço pela marca. 

Assim, é importante que os empreendimentos invistam nesse campo para que consigam destaque nas redes sociais, principalmente, no mercado, uma área repleta de concorrentes que estão sempre em busca de serem os melhores. 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Marcações: