O que é edição de conteúdo? – Confira 5 dicas!

o-que-e-edicao-de-conteudo

Fazer a edição de conteúdo, seja para a web ou para qualquer outro canal online ou tradicional que o público terá acesso é uma tarefa que merece atenção por parte dos produtores de conteúdo.

o-que-e-edicao-de-conteudo

Afinal, todo marketing de conteúdo de uma empresa precisa de um editor, pois esse profissional se torna a peça-chave para que o conteúdo que foi produzido possa estar de maneira objetiva e clara para os leitores.

Não um texto polido, mas também algo que seja rico em detalhes relevantes e que desperte a curiosidade do leitor a respeito do que ele está consumindo.

Em um exemplo comercial, um projeto comercial e residencial de uma construtora, que para conseguir os clientes deve criar conteúdos de qualidade, e este material demanda uma boa revisão e edição por parte da equipe interna antes de ser publicado.

Por isso, é importante que o profissional de edição de conteúdo tenha conhecimento sobre a técnica, fundamental para o marketing de conteúdo.

A importância  da edição com o marketing de conteúdo

Com o crescimento do campo digital dentro de vários segmentos mercadológicos, o marketing de conteúdo (ou content marketing, em sua versão original em inglês) se mostra necessário para levar conhecimento à audiência de um negócio.

Essa estratégia serve de base para o planejamento no que irá engajar o público-alvo de uma empresa e, através deles, crescer com os textos disponibilizados nos canais digitais.

Assim, para conseguir conquistar clientes no modelo B2B (business to business) uma empresa terceirizada de recepcionista deve apostar em conteúdos que façam com que os profissionais e seus métodos ganhem destaque para levar à contratações.

O marketing de conteúdo ainda pode não ter a finalidade de apenas vender, como também pode ter o seu foco em levar informações relevantes em torno do que a empresa vende como uma forma de despertar a curiosidade, sanar e esclarecer dúvidas.

Tudo o que é criado se torna uma espécie de rótulo para a empresa, ou seja, como uma “vitrine” diante dos outros empreendimentos do mesmo mercado em que ela atua.

Logo, uma página que fale sobre limpeza em condomínio com conteúdos de dicas que podem ajudar os moradores do local a respeito do processo, e que também acabe dando um foco para a empresa, se mostra algo valioso e bem-visto em comparação aos demais.

O que também cria uma posição valiosa para o consumidor, porque demonstra que não apenas se vende um produto ou um serviço, como também está ligado a ele.

Tornando a importância do profissional de edição de conteúdos internos ainda, posto que a responsabilidade de passar a mensagem que o negócio deseja, além de fazer do conteúdo uma espécie de ponte para o consumidor, deve antes passar pela edição.

Portanto, com um bom marketing de conteúdo que passa por todas as etapas de um processo, desde a criação até edição e revisão, um negócio passa a obter benefícios com a estratégia, sendo elas:

  • Aumento de tráfego nos canais oficiais;
  • Promoção de reconhecimento de marca;
  • Alto engajamento;
  • Aumento das vendas;
  • Conhecimento sobre o assunto ao mercado;
  • Geração de leads.

Independentemente do ramo do negócio, como um fornecedor de internet ultra rápida, contar com a edição de conteúdo em suas estratégias content marketing, certamente pode fazer a diferença no negócio. 

O que todo editor de conteúdo deve saber?

Ser um editor de conteúdo é uma profissão em que demanda alguns conhecimentos, para que se tornem ferramentas úteis para facilitar o trabalho e até mesmo entender onde deve haver aprimoramentos na área da qual se trabalha.

Conhecer técnicas de SEO (Search Engine Optimization), que significa “otimização para motores de busca” é importante para saber se os conteúdos que foram produzidos são fáceis de serem encontrados pelo usuário, ao fazer uma pesquisa no buscador.

Visto que em plataformas de buscas online, quanto melhor for o SEO do conteúdo, maiores são as chances de aparecer no topo das páginas pelo tráfego orgânico, até mesmo com os assuntos relacionados à palavra-chave ou frase que gerou a busca.

Na edição, o profissional deve focar para que os conteúdos que foram criados tenham sempre o mesmo alinhamento de pensamento e linguagem que será transmitida ao público-alvo.

Logo, se um negócio de lavagem de tapetes residenciais criar conteúdos sobre a residência ou a limpeza de modo informal ou mais descontraído, a linguagem característica da empresa deve ser a mesma em tudo o que for criado envolvendo os seus conteúdos.

Mesmo que seja em uma linguagem informal ou formal, o editor precisa ter um bom domínio do idioma e das regras gramaticais para que qualquer conteúdo textual produzido não tenha erros que comprometam sua qualidade e validação.

A pontualidade também é importante no ramo dos negócios, até mesmo de uma chocadeira direto da fábrica que será comprada por alguma fazenda, e essa pontualidade é um fator que todo editor de conteúdo deve ter em mente.

A frequência de conteúdos que são postados em uma página, seja nas redes sociais ou blog, é essencial para despertar a curiosidade e a ansiedade do consumidor em ter novos conteúdos, da mesma forma que acaba sendo uma peça-chave para levar ao tráfego.

Afinal, quem visita a página, seja um consumidor ou um usuário que tem interesse nos assuntos, gera maior expectativa ao perceber que há uma frequência de conteúdos, e por isso, é importante mantê-la para que esse número cresça.

Muitas das vezes, a etapa de edição de conteúdo deve saber trabalhar com feedbacks de forma construtiva para os criadores do conteúdo a respeito dos erros ou no que deve ter uma maior atenção no que for criado posteriormente, de modo que não seja ofensivo. 

Dicas para edição de conteúdo

Algumas dicas são capazes de facilitar o trabalho de edição de conteúdo, de modo a facilitar a compreensão de um artigo ou texto. As principais podem ser:

1. Corrigir imperfeições textuais com ajuda de softwares

Boa parte dos textos devem ter uma revisão e uma edição, tanto para que os erros gramaticais estejam corretos quanto em relação à estrutura e ao tema, para não haver desvios de contexto do foco central.

Um editor de conteúdo, além de ser alguém que tenha um bom conhecimento de gramática e ortografia, também deve ter domínio sobre o tema do conteúdo do qual está sendo tratado, para que detalhes que façam a diferença sejam introduzidos.

Assim, um conteúdo criado sobre limpeza de piscina de vinil deve ser de conhecimento base do editor, mesmo que esse entendimento tenha vindo de pesquisas anteriores.

Com a ajuda da tecnologia, essa correção e detecção facilitada e rápida de texto pode ser feita com softwares gratuitos ou pagos, que são encontrados na internet. 

2. Evite palavras desnecessárias

Algumas expressões ou palavras podem tornar o sentido do texto confuso, e por isso devem ser evitadas sem que o contexto seja alterado, incluindo palavras de apoio textual que se tornam um empecilho para a gramática do texto. 

3. Não use verbos ou adjetivos que enfraquecem o conteúdo

Usar verbos ou adjetivos de maneira redundante ou em grande quantidade podem acabar deixando o texto mais fraco do que ele realmente é, o que se torna um ponto negativo.

Portanto, ao revisar o conteúdo, o editor deve estar atento e trocar os termos ou expressões com o uso de sinônimos.

Este também trata-se de um meio para evitar a repetição de palavras, de modo que o contexto do conteúdo não perca o sentido principal.

Com a tecnologia que pode ser utilizada a favor do profissional, existem sites e plataformas online que permitem encontrar os sinônimos desejados em qualquer idioma.

4. Use vírgula de modo regular

Podendo ser a grande vilã de alguns textos ao ponto de transformar contextos, a vírgula é uma parte da gramática que demanda uma maior atenção, para não transformar o sentido do texto como errôneo ou ambíguo.

5. Aposte na colaboração com o redator

Tratando-se de um trabalho em equipe, é importante que tanto o editor quanto as partes envolvidas na criação ou até na revisão, tenham cordialidade para surgir com os empecilhos que vão surgindo ao longo do trabalho.

Considerações finais

Ter bons conteúdos e que ainda sejam relevantes é algo que gera um destaque para as empresas que utilizam essa estratégia, porque além de conseguir captar os consumidores de maneira dinâmica, em alguns casos, também leva conhecimento sobre um assunto.

O que, por sua vez, acaba gerando uma frequência de visitas nas páginas do negócio e uma interação mais direta com o consumidor. Entretanto, tudo deve ser feito corretamente para obter resultados positivos.

O editor de conteúdo é um profissional fundamental, pois é ele quem irá deixar o conteúdo mais adequado para o leitor antes de ser postado.

Mesmo que seja um conteúdo sobre entrega de bateria ou qualquer outro assunto, o editor deve se assegurar que a linguagem, as palavras-chave que levarão os usuários até os textos, ortografia e gramática estejam em total concordância.

Por fim, a importância da edição de conteúdo é essencial para que um negócio ganhe destaque na concorrência e cresça no mercado.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Marcações: