CRO: O que é? E como utilizar para aumentar as taxas de conversão

CRO

CRO é uma sigla para Conversion Rate Optimization, sendo traduzido como “Otimização da Taxa de Conversão” em português. trata se de uma estratégia que se baseia no aprimoramento de elementos do site, para que atraia e converta visitantes.

Converter visitantes em leads é fundamental em qualquer estratégia de marketing digital. Mesmo dentro daquelas que utilizam canais diferentes, essa transição, geralmente, costuma começar no site.

É fundamental criar um planejamento focado em otimizar as conversões do site ao longo do tempo, pois isso garante que a marca obtenha bons resultados o tempo todo.

É justamente aqui que entra o CRO, e independentemente do tamanho do negócio ou do setor em que ele atua, é essencial para melhorar o retorno sobre os investimentos.

Para os gestores e empreendedores que estão começando a investir em marketing digital agora, é fundamental compreender um pouco mais sobre este assunto, afinal, ele vai fazer parte das estratégias da empresa na internet.

Pensando nisso, neste artigo, vamos explicar o que é CRO, como ela pode ser utilizada e mostrar algumas ferramentas que colaboram com as taxas de conversão. Confira!

O que é CRO?

CRO, como falamos anteriormente, é uma sigla que, traduzida, significa Otimização da Taxa de Conversão.

Trata-se de uma estratégia baseada no aprimoramento de elementos do site, com o objetivo de atrair e converter. Quando uma organização investe em marketing digital, precisa fazer do site um canal de prospecção e vendas.

É por meio dele que os potenciais clientes vão solicitar o orçamento e contratar um serviço. Do total de visitantes que receber, um fabricante de forro de drywall tabicado deve verificar quantos estão se transformando em clientes.

Este número é chamado de taxa de conversão e o propósito de investir em CRO é otimizá-la, para que o processo seja mais eficiente e traga excelentes recursos.

A companhia deve fazer alguns testes para compreender as estratégias que funcionam, aquelas que precisam ser melhoradas ou aquelas que devem ser excluídas do planejamento.

Existe uma grande quantidade de elementos que devem ser testados e muitas formas de fazer isso, contudo, o objetivo é convencer as pessoas a realizar a compra.

Importância do CRO

Antes de explicar a importância dessa estratégia, é preciso entender que o tráfego é necessário, mas ele tem um custo, inclusive quando orgânico.

Entretanto, quanto maior ele for, mais facilidade a empresa terá para atingir seus objetivos. O CRO ajuda a aumentar o tráfego, sem perder oportunidades valiosas por conta de erros na conversão.

Essa prática é importante porque ajuda a economizar tempo e dinheiro, e não precisamos pensar muito para entender o quanto uma organização deve gastar para conseguir bons resultados.

Quanto mais alta for a taxa de conversão, menos tempo ela precisa para atingir suas metas de vendas.

Para uma clínica especializada em abdominoplastia circunferencial, essa prática melhora os resultados, sem que para isso a corporação precise trabalhar mais.

Não tem sentido dobrar os investimentos se os retornos vão continuar na mesma proporção, na verdade, é necessário aumentar o ticket médio e manter o nível de estratégia.

A marca tem mais facilidade em vender para um cliente que já está comprando algum produto, uma estratégia conhecida como cross selling. Quando isso acontece, consegue ampliar os lucros, utilizando as estratégias de CRO.

A corporação não vai simplesmente agradecer o cliente por ter comprado com ela, pois por meio de alguns testes e melhorias na página de checkout, é possível fazer algumas recomendações úteis.

É uma forma de dobrar o valor da compra, por meio de simples mudanças realizadas no site.

Como utilizar CRO?

Assim como qualquer outra estratégia de marketing, para colocar o CRO em prática é fundamental seguir um método. Um fabricante de brinde para empresa deve se comprometer com o seguinte passo a passo:

1 – Coletar as informações necessárias

Para fazer qualquer tipo de teste, primeiro é necessário coletar alguns dados e não basear o trabalho apenas em palpites ou suposições.

A companhia precisa investir um tempo considerável nas pesquisas e reunir informações para que as mudanças sejam corretas, impedindo falhas para identificar o que funciona ou não. Algumas maneiras de coletar os dados são:

  • Fazer testes de usabilidade;
  • Acompanhar análises de métricas;
  • Entrevistar os clientes;
  • Fazer pesquisas com os usuários.

São estratégias úteis que oferecem informações qualitativas e quantitativas, e que podem fazer dos resultados um processo mais bem-sucedido.

2 – Procurar oportunidades

Depois de coletar todas as informações, é fundamental interpretá-las para encontrar oportunidades reais que vão melhorar o processo de conversão.

Isso significa que um fabricante de exaustor de laboratório não deve olhar apenas para os números, mas sim, compreender qual é a informação trazida por eles em relação aos desejos e necessidades dos clientes.

Procure identificar por que as pessoas se comportam dessa maneira e o que pode ser melhorado na página.

3 – Fazer alguns testes

Depois de coletar todos os dados e pensar nas melhorias que podem ser feitas, fica muito mais fácil colocar os testes em prática, e eles são fundamentais para compreender a realidade.

Você pode fazer testes A/B que são mais diretos e mostram o que funciona ou o que não funciona. O trabalho de pesquisa feito anteriormente ajuda a aumentar as chances para que os testes sejam realmente úteis.

4 – Melhorar as estratégias e acompanhar os resultados

Depois de encontrar todas as variações necessárias para atrair os clientes, chegou o momento de colocá-las em prática, mas sempre acompanhando os resultados.

Depois de fazer isso, uma clínica de exames ocupacionais pode declarar qual é a variação vencedora e conversar com um web developer para acertar todas as mudanças que precisam ser feitas no site.

5 – Fazer mais um ciclo de otimização

Mesmo que o processo tenha ocorrido da maneira correta e tenha sido um sucesso, é importante dizer que o mercado muda constantemente e a solução testada pode simplesmente perder sua eficiência daqui a um tempo.

Ainda que a companhia tenha encontrado a variação certa, não significa que ela deve ser mantida a todo o custo, pelo contrário: é importante fazer um acompanhamento para que o resultado seja sempre promissor.

É exatamente por isso que trabalhar com CRO não é apenas uma ação pontual, mas um evento importante e que deve ser colocado em prática periodicamente.

Algumas ferramentas de CRO

Antes de encerrar este conteúdo, é fundamental falar sobre algumas ferramentas que ajudam nesse processo.

Se uma confecção de Solda a frio para alumínio quiser analisar algumas métricas dentro do seu site, uma das melhores ferramentas é o Google Analytics.

Por meio dele, é possível analisar métricas conhecidas e usadas em plataformas do mundo todo, inclusive, conta com um recurso para testes A/B, conhecidos como experimentos.

Outra opção bem interessante é a Mixpanel, que traz um conjunto de soluções para medir o nível de engajamento dos usuários, fazer testes A/B e descobrir de que maneira os leads estão sendo conduzidos dentro do funil de vendas.

Por fim, outra dica para analisar as métricas é a ferramenta Kissmetrics, um recurso completo e que mostra por que os usuários estão sendo ou não convertidos, facilitando a solução de problemas.

Agora, se uma clínica de microagulhamento rosto quiser fazer algumas pesquisas, uma boa ferramenta é a Qualaroo, onde é possível criar pesquisas segmentadas e compreender o que os usuários querem ou buscam.

Com isso, fica mais fácil projetar a conversão. Outra sugestão é a SurveyMonkey, bastante conhecida na criação de questionários e traz vários recursos que facilitam o dia a dia do usuário.

Por fim, se o propósito da corporação é fazer alguns testes, também existem ferramentas que ajudam muito nesse trabalho.

Uma delas é a CrazyEgg, desenvolvida por Neil Patel, que utiliza mapas de calor para apontar qual é o comportamento dos usuários na página.

Uma clínica de estética facial também pode utilizar a Optimizely, uma das melhores opções para criar testes e personalizar as experiências de navegação, consequentemente, aumentando o número de conversões.

Por fim, seu negócio também pode optar pela Unbounce, que tem foco total nos testes A/B voltados para landing pages.

Considerações finais

Para aproveitar todos os benefícios trazidos pelo CRO, é necessário investir em planejamento, além de ter muita paciência.

Mesmo assim, vale a pena para qualquer tipo de negócio, tendo em vista os resultados impressionantes que é capaz de trazer.

Seguindo nossas dicas, principalmente em relação às ferramentas, sua empresa terá mais facilidade para colocar essa estratégia em prática. A partir daí, é só aproveitar o aumento do tráfego e da conversão no portal institucional.Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.