Marketing Digital: 3 razões para investir

Se tem algo que realmente pode fazer toda diferença na rotina e nos resultados de uma empresa é sua capacidade de divulgação na esfera digital. Ou seja, o marketing digital como um todo, já que ele fortalece a marca e ainda aumenta as vendas.

marketing digital

Realmente, poucas iniciativas podem ser tão abrangentes a ponto de conseguirem trazer não apenas resultados práticos, como os de cunho comercial, mas também resultados de médio e longo prazo, como o de afastar a concorrência.

De fato, atualmente já não é possível falar sobre um negócio realmente sustentável, ou seja, que tenha capacidade de se manter sólido e firme, sem mencionar essa capacidade de entender seus concorrentes e também seu público-alvo.

Aí é que vem o marketing digital, como uma frente diferenciada que permite que uma empresa de terceirização de serviços transforme consideravelmente sua ação. Por exemplo, quando alguém procurar por essa palavra-chave no Google.

Claro que há outros motores de busca, como Bing, Yahoo! e Ask Brasil, mas o maior deles e que acaba servindo como referência é o próprio Google. De modo que hoje quando uma firma consegue se posicionar com destaque, isso pode mudar tudo.

É como dizer que esse motor de busca se tornou uma das maiores vitrines do mundo. O mesmo vale para as famosas redes sociais, que também têm se tornado indispensáveis para um resultado acelerado e uma melhor comunicação com o público.

Por isso é que decidimos escrever este artigo, trazendo aqui as principais razões para qualquer marca investir em marketing digital, mostrando ainda os conceitos e as principais características por trás de tudo isso, do começo ao fim.

Realmente, é preciso tratar também de partes mais teóricas, como modo de garantir que o assunto seja devidamente assimilado. Também é por essa razão que utilizamos exemplos mais práticos, realmente ilustrativos e pedagógicos.

Assim, se formos falar de uma estratégia e citarmos uma firma de divisória de escritório com porta, isso certamente acabará tornando o assunto mais acessível. Tanto que os segmentos e nichos de mercado válidos aqui são imensos.

Ou seja, não há limites de tipos de empresas e modelos de negócio para aplicação do marketing digital, uma vez que ele já está tão evoluído que pode trazer resultados incríveis, inclusive em modelos que oscilam desde o B2B até o B2C, invariavelmente.

Desta forma, se o seu interesse agora é compreender a fundo como realmente mergulhar de cabeça no marketing digital e dominar efetivamente as melhores razões para trabalhar com ele, então basta seguir adiante até a última linha deste texto. 

O que é marketing digital? 

Um dos passos fundamentais para realmente compreender por que vale tanto a pena e por qual motivo é tão importante investir em marketing digital, é entender sua diferença essencial em relação ao marketing offline.

Não que seja preciso colocar um em detrimento do outro, pois realmente não é uma questão de disputa, tal como uma bateria 60 ap não “disputa” com uma de menos amperes.

Trata-se apenas de complementaridade. Tanto que em alguns casos a empresa pode trabalhar o online e o offline juntos.

Então, abaixo veremos os motivos para investir no online, mas isso não é uma questão dogmática. De qualquer maneira, é preciso entender a esfera digital como um fenômeno mais amplo, que supera o meramente comercial ou econômico.

Trata-se de algo propriamente cultural, que influencia sobretudo as famosas Gerações Y e Z, das pessoas nascidas nos anos de 1980 e 2000 para cá, respectivamente.

São pessoas que já nasceram com um nível de exposição bem maior ao seguintes aspectos ou fenômenos gerais:

  • Informática;
  • Internet;
  • Telas e dispositivos;
  • Informação em geral;
  • Tecnologia.

Enfim, são pontos muito pertinentes, mais até do que pode parecer em um primeiro momento. Nesse sentido, o marketing digital nada mais é do que um avanço natural da cultura e da situação de muitos países do mundo todo.

De modo que, quando uma dessas pessoas pensa em algo como entrega expressa transportadora, ela já não raciocina como antes. Seu pensamento não vai no sentido de pedir conselho para alguém ou esperar um efeito de tipo boca a boca.

O que a pessoa faz é, justamente, abrir um motor de busca ou uma plataforma digital e pesquisar por esse serviço. Ali ela vai encontrar empresas disponíveis, o histórico de atuação da empresa, feedbacks que apontam se ela é boa, e assim por diante.

Perceber esse movimento todo é fundamental para qualquer negócio que queira entender melhor por que motivo realmente vale a pena investir no marketing digital.

No fundo, já não é uma questão de diferencial, como ainda era alguns anos atrás. Cada vez mais se torna uma questão de mera sobrevivência empresarial.

Isso nos lembra aquela velha verdade da publicidade, de que quem não é visto não é lembrado. No caso, trata-se de você impactar as pessoas certas para a sua marca, estando no lugar e na hora certa.

Hoje esse “lugar” é a própria internet, levando em conta todas as possibilidades que ela abre em termos mais práticos, inclusive do estágio em que cada um gostaria de iniciar, crescendo aos poucos e em sua própria velocidade.

  1. Crescimento gradual

Um dos grandes benefícios do marketing digital é que ele é verdadeiramente democrático, no sentido de que se trata de algo muito mais acessível do que a velha publicidade.

Se antes apenas algumas poucas marcas conseguiam atingir veículos importantes como a televisão e o rádio, hoje os veículos mais importantes comportam qualquer um, mesmo com modalidades gratuitas de participação inicial.

Como os próprios motores de busca, em que é possível crescer organicamente simplesmente colocando seu blog no ar e escrevendo artigos para ele.

Assim, quando uma pessoa procurar algo como uma empresa de consultoria fiscal, ela poderá encontrar seu blog sobre esse assunto, posicionado na primeira página, sem pagar nada para essa ação.

Quem paga para aparecer se destaca nos links patrocinados, mas há uma seção bem abrangente já na primeira página para resultados orgânicos.

O mesmo vale para as redes sociais, que também são um veículo fundamental da atualidade, e que permitem que qualquer um crie sua conta ou perfil e comece a fazer postagens gratuitas.

Depois que a empresa começa a crescer, ela também pode investir nisso, pagando para aparecer com destaque e para impulsionar seu negócio.

No caso das redes sociais, há apenas algumas poucas que cobram mesmo para você se inscrever, mas essas não estão entre as mais famosas das quais sempre ouvimos falar, como YouTube, Facebook, Instagram, WhatssApp, LinkedIn e afins.

O que também já remete ao veículo digital das plataformas, como os famosos marketplaces. Eles também podem cobrar por inscrição, mas há, igualmente, diversos que permitem que você se inscreva gratuitamente e faça anúncios.

Assim, você só vai pagar mediante a venda, dedicando uma comissão para a plataforma digital, que no fundo foi a grande responsável pela oportunidade comercial surgida.

  1. Relação com o público

Outro ponto importante é como se dá a relação com o público dentro do marketing digital, considerando que ela é muito mais próxima e bem mais promissora.

Primeiramente, é preciso lembrar que, tal como vimos acima, trata-se de um público diferenciado, que tem acesso constante à internet e à informação. Isso torna essas pessoas mais exigentes e com altas expectativas.

Desse mesmo modo, é preciso utilizar o marketing digital em suas melhores versões, como no caso do inbound ou marketing de conteúdo. Com essa estratégia você simplesmente cria conteúdos originais que vão chamar atenção das pessoas.

Ou seja, sua relação com elas será melhor, graças ao marketing digital. Se antes uma empresa de persiana automática fazia apenas uma ação rápida, como um panfleto ou um carro de som, agora é possível gerar mais contato e engajamento.

Logo, com um blog você cria artigos mais longos explicando melhor como funciona sua solução. Isso educa seu público, traz pessoas mais conscientes e mais predispostas a se fidelizarem e depois até indicarem sua empresa e sua solução.

Também é possível ir além e criar vídeos, podcasts, lives e muito mais. Lembrando que além do blog dá para marcar presença em diversos tipos de redes sociais, o que é mérito do marketing digital e faz toda diferença.

  1. A tecnologia e as métricas

Por fim, outra razão diferenciada para investir em marketing digital é a da sinergia que ele tem com as tecnologias em geral, que representam a ponta da lança hoje em dia.

Um site de serviço de entrega via fiorino pode ter, por exemplo, um chatbot. Trata-se de robôs de atendimento que tiram dúvidas programadas sem auxílio humano.

Ou seja, eles trabalham para você, encaminhando os consumidores em comandos mais básicos, coletando leads, e daí em diante. Além de que eles atuam 24h por dia, sete dias da semana, não geram gastos, transtornos ou reclamações trabalhistas.

Considerações finais

Falar sobre o marketing digital atualmente é algo incontornável, que toda empresa precisará fazer em algum momento do seu avanço natural.

Então, quem ainda está começando precisa fechar logo um plano internet empresarial e começar a colocar as dicas dadas acima em prática. As razões principais para isso também foram detalhadas, por conta dessa urgência.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Marcações: